quinta-feira, julho 03, 2008

PRINCÍPIOS DE MARVA COLLINS

Já citamos aqui a extraordinária professora Marva Collins e atendendo a pedidos, segue abaixo a tradução do texto proposto por ela, sobre o qual seus alunos refletem e recitam todos os dias, antes das aulas começarem. São princípios que demonstram quão sério pode ser o compromisso com a vida e consigo mesmo. Faço delas, minhas palavras:


"A sociedade demarcará um círculo que me excluirá, mas meus pensamentos superiores propiciarão minha inclusão. Eu nasci para vencer, se não perder muito tempo tentando falhar. Eu ignorarei os rótulos e nomes que me forem dados pela sociedade, já que somente eu poderei ter a capacidade de saber o que posso vir a ser.


Falhar é tão fácil de combater, quanto o sucesso, de ser obtido. A educação é árdua e não pode ser obtida, apelando para truques e esquemas. Só eu tenho o privilégio de destruir a mim mesmo, se esta for a minha escolha. Eu tenho o direito de falhar, mas não o de levar outras pessoas comigo. Deus me fez o capitão de uma única vida – a minha.


É meu direito descuidar-me de todas as coisas que me dizem respeito, mas eu devo estar preparado para aceitar as conseqüências de meus fracassos. Eu nunca deverei pensar que aqueles que escolheram trabalhar enquanto brinquei, relaxei e dormi, deverão partilhar suas recompensas comigo.


Meu sucesso e minha educação são companheiros que nenhum infortúnio poderá reduzir, nenhum crime poderá destruir e nenhum inimigo conseguirá roubar. Sem educação, o homem é um escravo, um selvagem vagando daqui para ali, acreditando no que quer que lhe digam.


Tempo e oportunidade chegam para todos. Eu posso escolher entre ficar hesitante ou ser corajoso. Posso me levantar e clamar: Este é meu tempo e lugar. Eu aceitarei o desafio."

Marva Collins

Tradução de Lucio Abbondati Junior

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

POSTAGENS MAIS RECENTES        POSTAGENS MAIS ANTIGAS