terça-feira, maio 30, 2006

ONDE A EDUCAÇÃO ATUAL ERRA


Há uma frase de Neil Postman, educador, sobre a qual deveríamos refletir:



"Quando
as crianças vão para as escolas, são pontos de interrogação; quando saem, são frases feitas".
Neil Postman (1931-2003)


Ela suscita quatro questões urgentes:

  • Era este o papel que nossas escolas deveriam desempenhar?

  • Seria essa a verdadeira função do professor?

  • É isso que queremos para nossos filhos ou para o papel que estes desempenharão no futuro?

  • O que poderíamos fazer a respeito, para mudar esse estado de coisas?
Pergunte-se você também e então aja, afinal, o futuro começa com o que fazemos no presente.

Lucio Abbondati Jr

1 Comments:

Anonymous Tânia L. Ramos said...

Não sou conhecedora o bastante para opinar sobre a questão, mas sei que atualmente os educadores têm suas metas, conceitos, pensamentos e ações limitados por proprietários de escolas particulares.
Acatam ordens de não corrigir, não punir, não repreender os alunos ou são punidos com demissão.Não têm a opção de seguir seus conceitos,sua dignidade e objetivos na vida profissional em prol de manter seu emprego.
Não podem incomodar os alunos, escutam calados todo tipo de ofensa e desrespeito, pois os pais cobram do colégio, não admitem qualquer atitude frente aos delitos que seus filhos cometem.
Assim fazem em casa, criam pequenos e grandes marginais sem limites, sem obrigações, com impunidade, calcados no fato de que pagam ou retiram suas crias da escola e levam para outra.
As crianças passam em média 4 horas na escola e 20 horas em casa, antigamente os pais educavam e escolhiam a escola que agisse dentro de seu modo de ensinar a viver em sociedade, baseado em respeito, limites, hoje além de não guiarem em casa ainda exigem a anarquia dentro do colégio.
O dinheiro e o poder comandam, salve-se quem puder!

7:17 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

POSTAGENS MAIS RECENTES        POSTAGENS MAIS ANTIGAS